ESTUDOS DIRIGIDOS 51 – 13° ESTUDO – SÉRIE: SERMÃO DO MONTE – TEXTO BASE: MATEUS 6:10 A Oração Dominical “Portanto, vós orareis assim:…”

ESTUDOS DIRIGIDOS 51

13° ESTUDO – SÉRIE: SERMÃO DO MONTE – TEXTO BASE: MATEUS 6:10

A Oração Dominical “Portanto, vós orareis assim:…”

INTRODUÇÃO: O Reino de Deus é uma realidade atemporal (Mt 25:34). Patriarcas e Profetas, os Heróis da Fé, os discípulos de Jesus, os Mártires da História do Cristianismo e cada crente que professou, professa ou professará sua fé em Cristo Jesus estão listados entre os milhares de milhares chamados cidadãos do Reino de Deus.    .

PARA REFLETIR: O Reino de Deus é uma sociedade, na Terra, onde a vontade de Deus se faz de maneira tão perfeita como no céu. Estar no Reino é obedecer a vontade de Deus. Percebemos que o Reino de Deus não diz respeito a nações, reinos ou países deste mundo. É uma realidade que tem a ver com cada um de nós. O Reino é mais pessoal que local. É mais interior que exterior. O Reino exige a submissão de minhas vontades, de meu modo de vida e de meu coração à vontade soberana e perfeita de Deus. É aceitar essa vontade e dizer a respeito dela: “seja feita a Tua Vontade” com confiança, alegria e gratidão. Do ponto de vista histórico, no entanto, é uma realidade incompleta. Pois o Reino “já” é uma realidade desde a fundação do mundo, mas “ainda não” plena, pois sua consumação é ainda um fato futuro, algo pelo qual devemos orar. Desse modo, já desfrutamos pela Fé em Cristo do pertencimento ao Reino de Deus, mas em contrapartida estamos todos no processo de trazer o Reino de Deus a essa terra por meio da pregação e vivência do Evangelho.

NA PRÁTICA: Pode-se dizer: “Seja feita a Tua vontade” em tom de derrotada, resignação ou ressentimento, pois não nos resta outra alternativa. Mas também se pode dizer “Seja feita a Tua vontade” em perfeito amor e confiança, pois o cristão pode estar totalmente seguro a respeito da sabedoria e do amor de Deus. Deus é o especialista em tudo o que concerne à vida. Como o apóstolo Paulo afirma: “Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou, porventura, não nos dará graciosamente com ele todas as coisas?” (Romanos 8:32). Ninguém pode contemplar a cruz e duvidar do amor de Deus, e quando temos a certeza do amor de Deus, é fácil dizer: “Seja feita a Tua vontade.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *