ESTUDOS DIRIGIDOS 47 – 9° ESTUDO – SÉRIE: SERMÃO DO MONTE – TEXTO BASE: MATEUS 6: 1

ESTUDOS DIRIGIDOS 47

9° ESTUDO – SÉRIE: SERMÃO DO MONTE – TEXTO BASE: MATEUS 6: 1

INTRODUÇÃO: O verso de nossa reflexão hoje introduz as instruções de Jesus a respeito da prática da justiça. Dar esmolas, fazer orações e jejuar são práticas daqueles que querem vencer a avareza, manter um relacionamento dialogal com Deus, estar mais sensíveis e dependentes d’Ele. O alerta de Jesus, no entanto, é que essas práticas devem estar dissociadas do orgulho, da vaidade pessoal e da necessidade de receber aprovação ou admiração dos homens.    

 

PARA REFLETIR: Nós humanos somos tão maliciosos que nos servimos até das melhores práticas, intenções para capitalizar a admiração e o aplauso dos demais. Em nossa igreja adotamos os cinco votos propostos por A.W. Tozer, como um norte para nossas práticas. A esse respeito Tozer propõe em seu quinto voto: “nunca aceite qualquer glória”. As mais generosas esmolas ou ofertas podem andar de mãos dadas com a pior forma do egoísmo. O rosto pode estampar a prontidão para o arrependimento, porém o coração pode estar orgulhoso de si mesmo. A oração não pode ser feita como um ato que nos confere méritos, mas sim, um ato da humilde, apresentação de nossas necessidades ao Pai celestial e isso no segredo de nosso quarto.

NA PRÁTICA: “A humildade e não o orgulho é a base da comunhão com Deus.” Leia Mt 11:29. O culto não é feito para impressionar as pessoas. Leia Rm 12:1. Os dons e talentos não são para evidenciar o indivíduo. Leia Rm 12:3. Tudo o que ocorre na prática da vida Cristã deve ser feito para a Glória de Deus. Leia Col 3:17. Não dê aos desejos do seu coração a glória devida a Deus. Leia I Pe 2:1,2. Abandone o materialismo e o mundanismo. Leia Sl 15:1-5. Aprenda a lidar com a admiração, os elogios, não receba e nem transfira glória. Leia Sl 115:1. Não seja um bajulador, não esteja entre os bajuladores, não dê ouvidos a um bajulador.  Leia Rm 16:17,18. Tenha intimidade com Deus. Leia Jr 33:3 e  Mt 6:6.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *