ESTUDOS DIRIGIDOS 41 – 3° ESTUDO – SÉRIE: SERMÃO DO MONTE – TEXTO BASE: MATEUS 5: 17-20

ESTUDOS DIRIGIDOS 41

3° ESTUDO – SÉRIE: SERMÃO DO MONTE – TEXTO BASE: MATEUS 5: 17-20

INTRODUÇÃO: Os Escribas eram os encarregados de copiar, preservar e fazer comentários sobre “a lei e os profetas”. Os fariseus eram pessoas de grande rigor em sua vida religiosa. Esses religiosos criaram em volta dos mandamentos de Deus o que chamaram de “a tradição dos anciãos”, acréscimos que lhes garantiriam a observância da Lei. Para eles, Jesus era um transgressor da Lei, pois não se preocupava com dias, cerimônias e, além disso, convidava a todo o tipo de pecadores a virem a Ele.

PARA REFLETIR: Havia um total de 613 mandamentos, sendo 248 positivos que corresponderiam a um “faça” para cada um dos ossos do corpo e 365 negativos, ou seja, um “não” para cada dia do ano. Se você os guardasse seria uma pessoa “perfeita”.

NA PRÁTICA: 1º – Jesus não veio anular a Lei, mas cumpri-la. Essa palavra, “cumprir”, significa “manifestá-la em toda a sua plenitude”. Jesus cumpriu a Lei, primeiramente porque ele sempre, em tudo o que fez, obedeceu à lei do Senhor. 2º – Jesus cumpriu a Lei porque mesmo sendo sem pecado, ele morreu de acordo com a Lei como se fosse um pecador, para levar sobre si o castigo pelos nossos pecados. Desta maneira ele satisfez a justiça da Lei que dizia que o salário do pecado é a morte. 3º – Jesus trouxe a Lei à sua plenitude ao ensinar a compreender o significado dela. Ele nos mostra que a Lei do Senhor é muito mais profunda do que os escribas e fariseus supunham, pois ela nos mostra a vontade de Deus como algo a ser obedecido, antes de tudo, em nosso coração; mas ela também nos mostra que somos pecadores desde o coração, e que o único caminho para sermos aceitáveis a Deus é o perdão gracioso, acompanhado de uma transformação espiritual, de um novo coração, isto é, do arrependimento, da conversão, que nos transforma de modo que aí sim, podemos obedecer aos mandamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *