ESTUDOS DIRIGIDOS 40 SÉRIE: 2º ESTUDO – SÉRIE: SERMÃO DO MONTE

ESTUDOS DIRIGIDOS 40

2° ESTUDO – SÉRIE: SERMÃO DO MONTE – TEXTO BASE: MATEUS 5: 14, 16
INTRODUÇÃO: A função da luz é revelar, evidenciar, porém, para que nossa luz brilhe, primeiro precisamos que a luz de Deus brilhe sobre os lugares escuros do nosso coração, trazendo à tona todo pecado oculto e toda impureza escondida. Esse é um processo doloroso. Enxergar verdades a nosso respeito é um dos mais difíceis exercícios da alma, Deus traz à luz o que precisa ser transformado para que a luz que há em nós seja a expressão d’Ele próprio. Leia Jo 8:12, isso significa que aquele que anda iluminado por Cristo expressa vida. Leia II Co 4:6.
PARA REFLETIR: Nossa luz procede de Cristo, uma vez iluminados devemos cumprir o propósito para o qual Deus fez brilhar a luz de Cristo em nós. Por isso Jesus é tão enfático ao dizer que o cristão não pode se esconder, assim como não se pode esconder uma cidade sobre uma montanha, isso fala da visibilidade inata aquele que professa O Nome de Cristo. Jesus também toma emprestado o uso simbólico da palavra “alqueire” com a ideia básica de tirar o que está oculto debaixo, o que está no interior para demonstrar que o tesouro do Evangelho tem uso próprio e não deve estar oculto, restrito a sociedades ou grupos, mas deve estar visível, disponível. Isso fala da acessibilidade a Cristo por meio de Seus discípulos.
NA PRÁTICA: Como ser luz? Leia e medite na Palavra de Deus Leia Sl 119:105. Ore a Deus e peça um olhar bom, santificado, rejeite todo tipo de travas em sua vida Leia Lc 11:34. Viva a vocação cristã de ser sacerdócio real e santo, pois fomos retirados das trevas. Leia IPe 2:9. Procure, através de uma vida piedosa mostrar a luz de Cristo aos homens. Influencie o meio em que você atua através da luz do Evangelho. Ilumine o mundo que está em trevas com a luz da Palavra que está em você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *