Santidade – Estudo Dirigido 8

ESTUDOS DIRIGIDOS 8                             

Oração (cada membro da família deve fazer uma oração)

Texto base:

I Tes. 5:23 – E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.

Introdução:

A vida devocional diária é um instrumento para a santificação pessoal. A leitura e obediência a palavra de Deus nos limpa. A Palavra de Deus nos purifica e nos lava. (João 15.3). Portanto, cuide de sua vida devocional diariamente.

Para Refletir:

A verdadeira santificação ocorre no crente partindo do interior do seu coração contrito e atinge todas as áreas de sua vida. Separar tempo diário para ler a Palavra e orar refletirá positivamente na vida de cada seguidor de Cristo, pois a santificação é objetiva e é manifesta através do comportamento, obras e ações do cristão no seu dia-a-dia. É o próprio Deus, através do Espírito Santo, quem opera no crente conduzindo-o a santidade (I Tes. 5.23).

 Na Prática: (Leia cada referência na Bíblia)

  • A santificação é a vontade de Deus para o crente (I Tes. 4.3).
  • O Senhor Jesus morreu para a nossa santificação (Hebreus 13.12)
  • Deus chama a igreja para ser um povo santo, separado (ITes. 4.7)
  • Deus não admite a mistura do que é santo com o que é profano (I Coríntios 6.14-18)
  • Quem quiser viver em comunhão com o Pai, com o Filho e com o Espírito Santo, deve renunciar aos prazeres do pecado e buscar a santificação (Salmo 24.3,4).

Oração Final

Santidade – Estudo Dirigido 7

ESTUDOS DIRIGIDOS 7                             

Oração (cada membro da família deve fazer uma oração)

Cante uma canção

Texto base:

“Porque não nos chamou Deus para a imundícia, mas para a santificação. Portanto, quem despreza isto não despreza ao homem, mas sim a Deus, que nos deu também o seu Espírito Santo.” 1 Tessalonicenses 4:7-8

Para Refletir:

É fácil ignorar o chamado à santidade no mundo em que vivemos com muitos padrões diferentes. Comparar nosso estilo de vida com as pessoas ao nosso redor, iludindo-nos para desvalorizar nossos pecados em comparação aos pecados dos outros é um grave erro.

Não existe tamanho de pecado, mas consequências sociais diferenciadas resultantes do pecado. O pecado é e será sempre o inimigo mortal de nossas almas.

O ideal cristão não é comparar nossos pecados; e sim ter um coração agradecido, que confessa seus próprios pecados, purificado pelo Espírito Santo e salvo pela graça.

Ignorar, ou minimizar, o chamado do Espírito Santo à santidade é rejeitar ao próprio Deus. Vamos ser zelosos pela santidade das nossas vidas, tanto porque isso é o que Deus requer de nós, como também porque é nosso dever cristão.

Oração de Confissão

(deve ser lida pelo ministro do culto e repetida pelos demais)

Pai me perdoe por tentar minimizar o significado do meu pecado. Que Seu Espírito Santo acenda em mim uma paixão pela santidade e, por favor, capacite-me para viver de tal maneira que o Senhor seja honrado por tudo que tem feito para me salvar. Em nome de Jesus eu oro. Amém!

Santidade – Estudo Dirigido 6

ESTUDOS DIRIGIDOS 6                             

Oração (cada membro da família deve fazer uma oração)

Cante uma canção

Texto base:

Hebreus 12.14 – Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor,

Introdução:

A santificação não é algo que conquistamos da noite para o dia e sim um estado interior que devemos desenvolver por toda nossa existência terrena. São escolhas que continuamente faremos segundo nosso temor a Deus, na relação com pessoas de todas as confissões (religiões) e opiniões.

Para Refletir:

Eventualmente, em nossas relações humanas, nossa confissão pode nos colocar em situação de conflito. No entanto, é necessário seguir a paz com todos, evitar conflitos, respeitar diferenças religiosas, mas se manter firme em relação às nossas convicções sobre um viver santo, o que nos levará a ver a face de nosso amado Salvador Jesus Cristo.

. Na Prática:

  • Amar profundamente a todas as pessoas
  • Abominar o pecado e não se envergonhar de opinar sobre a fé
  • Não negociar princípios bíblicos para agradar a quem quer que seja
  • Não tentar convencer ninguém do pecado, isso é papel do Espírito Santo
  • Falar ousadamente da Salvação que Jesus nos deu.

Pergunta desafio: Tenho disposição interior para a paz ou para o conflito? Isso afeta meu testemunho cristão?

Oração Final

Santidade – Estudo Dirigido 5

ESTUDOS DIRIGIDOS 5                             

Oração (cada membro da família deve fazer uma oração)

Cante uma canção

Estudo

Texto base:

Ler Filipenses 2:12-15

Introdução:

Ter uma vida santa não é somente evitar os pecados, mas é também se opor ao pecado. A santidade é um mandamento de fundamental importância em torno do qual gira a vida cristã. O crente não deve ser santo somente à vista da comunidade ou da liderança, deve usar suas palavras para edificar, promover a paz e ser um testemunho para a sociedade. Ele deve manter-se irrepreensível e obediente e depositar sua confiança na vontade divina que gera em nós tanto o querer quanto o realizar.


Para Refletir
: Uma vida santa implica em :

  • Diligente obediência mesmo longe dos olhos da liderança (v.12)
  • Submissão à vontade divina (v.13)
  • Guardar os lábios da murmuração (v.14)
  • Promover a paz, fugir das discórdias (v.14)
  • Ser um sinal do favor de Deus nessa geração (v.15)

Pergunta desafio:

Tenho sido irrepreensível na sociedade onde vivo? O que Deus está pensando a meu respeito? Tenho sido um sinal do favor de Deus nessa geração?

Oração Final